Sobre Dafne Grozovsky

Dafne Grozovsky é carioca, mora em Paris desde o fim de 2009, onde é responsável pela publicação do Paris Branchée, que traz um olhar diferente, descolado e ousado sobre as pequenas – e as grandes – coisas que fazem desta cidade uma cidade especial: suas ruas, sua moda, sua gastronomia, sua vida e seu dia-a-dia em dicas diárias de forma simples e direta, como uma conversa entre amigos.

Bar a coiffure: um penteado à la parisienne

Não dá para morar em Paris e não ter um estilo.

“Les Bar à Coiffure” é uma proposta de penteados “antenados e atuais” para todas as ocasiões feitos rapidamente, apenas em 15 minutos, sem a necessidade de lavar e secar. Ideal para as fashion-addicts!

Os penteados são escolhidos em um catálogo com uma variedade enorme para todos os gostos. Depois uma especialista com movimentos coordenados executa o penteado e voilà! Você está pronta. Ali também você enconta acessórios para os penteados e dicas de produtos para os cabelos para depois fazer você mesmo.

Os estilos de penteados mudam conforme as estações em função das novas tendências

Os comptoirs 365c estão espalhados pela cidade, perto dos lugares “branchés” e de passagem onde estão as meninas que querem um penteado rápido e estiloso.

Fotos: Dafne Grozovsky

Caffè Stern: um italiano “magique”

Foi ali que de 1834 a 2008 funcionava o atelier gráfico e de impressões Stern – classificado como Monumento Histórico . Há mais de dois anos o local foi comprado por David Lanher, um descobridor de lugares mágicos, Philippe Starck revestiu o lugar com suas idéias e, como sempre, soube preservar a alma desse espaço histórico com o seu touque de modernidade. O restaurante propõe a essência da cozinha veneziana onde Massimiliano Alajmo, um dos melhores jovens chefs italianos, dá uma interpretação clássica e ao mesmo tempo contemporânea à gastronomia italiana. Os vinhos são propostos por Mirko em perfeita harmonia com os pratos.

Tudo ali foi pensado e delicadamente proposto. Não deixe de folhear o livro do chef com as fotos e receitas dos pratos. Imperdível. Mas imperdível mesmo a sobremesa com um chocolate que vem na caneca.

O livro também está a venda. Dica: faça reserva com antecedência.

E tenha a certeza que ao sair de lá terá experimentado um momento maravilhoso!

Caffè Stern. 47, passage des Panoramas 75002 Tel. 01 75 43 63 10

Fotos: Dafne Grozovsky – Paris Branchée

Le Derrière

Receber amigos para um jantar informal sem frescuras em um clima divertido e acolhedor. Esse é o espírito do Derrière que continua sendo um dos restaurantes mais difíceis de se conseguir uma reserva. Muito mais do que a gastronomia, o seu principal atrativo é o ambiente. É sempre uma surpresa, muito divertido!

Já até escrevi sobre ele aqui mas acho que vale um novo post porque o restaurante continua dando o que falar. Começando pela sua localização, ele fica escondido atrás de um portão de madeira sem nenhuma sinalização, entre o restaurante 404 – especializado em comida marroquina que dizem ser maravilhoso e o bar Andy Whaloo muito louco e muito legal! Todos pertencem ao mesmo grupo.

Depois dependendo do número de pessoas você pode sentar na sala ao lado da mesa de ping pong, em frente a cozinha, na mesa de escritório ou no andar de cima na cama com um espelho mosaico no teto. Os banheiros não tem separações por sexo. Use o que quiser! A pia é uma grande banheira antiga. O mais bacana é passar pelo corredor dos banheiros e continuar até o armário de espelho. Entre no ármario!!!

Au-delà du miroir c’est le fumoir! Isso mesmo você entra no ármario e entra em uma sala secreta, o fumoir. Já valeu a visita!

Derrière. 69, rue des Gravilliers 75003 Paris 01 44 61 91 95

link: derriere-resto.com

Fotos: Dafne GRozovsky

Musée Picasso

Picasso foi um artista completo, autêntico e livre.

Uma explosão de energia em todos os sentidos.
Ele trabalhou com desenhos, pinturas, gravuras, esculturas, foi evoluindo o seu estilo ao longo do tempo com muita liberdade e paixão.

Depois de cinco anos em obra, o Museu Picasso de Paris reabre suas portas ao público completamente renovado e com uma das melhores coleções do mundo. O museu está instalado em um “hotel particulier” conhecido como L’Hotel Salé. Hoje o local é classificado como monumento histórico, mas rica é a sua história e suas curiosidades! O local foi construído por um dos ministros das finanças em meados de 1635, e foi apelidado de salé (salgado,) porque foi em cima de um novo imposto sobre o sal que esse ministro – Pierre Aubert – ganhou fortunas. De lá para cá a construção já passou por muitos donos célebres, foi embaixada, casa de família, Instituição, arquivos e etc.. Hoje voltou em grande estilo.

A coleção do Museu Picasso de Paris conta com mais de 5000 obras . Pela sua qualidade, diversidade e domínios artísticos expostos – como a pintura, escultura, gravuras, croquis, desenhos – é considerada a única coleção pública no mundo que te permite percorrer todas as fases da obra de Picasso e também todas as suas etapas através dos estudos, ensaios, caderno de anotações, livros, fotografias – um verdadeiro raio x do processo criativo do artista. Imperdível!

Musée Picasso Paris
Hôtel Salé. 5 rue Thorigny 75003 Paris

Marché des Enfants Rouge

Finalmente os dias bonitos chegaram! Bendita primavera! Faz toda a diferença…

Junto com a primavera veio a renovação do marché des Enfants Rouges no Marais. O marché é um mercado coberto como a Cobal do Rio de Janeiro. Onde encontramos as bancas de frutas, legumes, peixaria , carnes, vinhos, queijos e as flores. Além disso, também podemos escolher uma especialidade entre a italiana, a marroquina, a japonesa, a creole e outras iguarias para variar o paladar. Esses espaços quase improvisados ficam disputados em um dia bonito de Sol.

O Marché é o mais antigo de Paris, criado em 1615 quando era chamado de Petit Marché du Marais, para abastecer o novo bairro construído ao longo do século XVI. O nome de Enfants Rouges foi dado mais tarde em homenagem ao Orfanato criado por Marguerite de Navarre, que existia ali ao lado e onde o uniforme das crianças era vermelho, ou seja, rouge.

Marché des Enfants Rouges. 37, rue de Bretagne 75003
Fechado às segundas-feiras. Terça – sábado. 8h às 20h e domingo. 8h30 às 17h

Fotos: Dafne Grozovsky do Paris Branchée