Sobre Lu Moreda

Nascida com Sol em Libra e Lua em Peixes, essa cabeça criativa, não apenas tem muitas ideias, mas adora realizá-las. Com olhos atentos para a beleza e ouvidos conectados ao coração, essa novidadeira tem fama de organizada e comilona Magali. No currículo, guarda a primeira paixão por Economia e o primeiro casamento com Cinema e TV. Depois de muitas produções por aí, a decisão foi buscar novos rumos, daqueles repletos de amor, arriscando um pouquinho e unindo sua capacidade de realização e o entusiasmo por receber. Surgiu assim a Confraria Imperial, o 1o restaurante pop up da Serra Petropolitana que celebra a chegada de cada estação do ano. Essa proposta despretensiosa hoje é a menina dos olhos dessa moçoila que, atenta do jeito que é, percebeu a necessidade de adicionar afeto a termos impessoais como "produtor de eventos", "designer de festas", "party planner" e criou o conceito fofo de "Personal Anfitriã".

Mise en place, muito prazer!

Se há uma coisa que faço muita confusão são os ditos populares. Troco tudo. Um horror!

Eu seria um desastre, não fosse meu avô falar duas pérolas toda vez antes de eu dirigir: “A pressa é inimiga da perfeição.” e “Vai devagar para chegar depressa.”.

Pois bem, descobri nas minhas aventuras de “chef de final de semana” que os ditados do vovô se aplicam muito bem também quando estou cozinhando.  Afinal, pressa e praticidade não são sinônimos!

Pressa na cozinha significa: dedo cortado, carne tostada, molho aguado, comida salgada, mão queimada e etc, etc, etc… Se identificou?

Agora, quando falamos de praticidade, lembramos imediatamente dos programas de culinária e aqueles potinhos espalhados na bancada com todos os ingredientes descascados, medidinhos, separadinhos, picadinhos e prontos para usar.

O nome disso? Mise en place.

Cobertura fotográfica da Confraria Imperial em Espaço Arteiro - Itaipava

Essa etapa, apesar de pouco glamurosa, é essencial na culinária e pode ser o “pulo do gato” quando você for fazer receitas que ainda não tenha muita prática.

Sabe por que?

PORQUE evita o pânico de você esquecer algum ingrediente no meio da preparação da receita.

PORQUE com todos os utensílios (assadeira, peneira, batedor, espátula, luva de silicone….) a mão, o preparo leva menos tempo e, melhor, não há desperdício dos ingredientes tentando “dar um jeitinho” ou “quebrando o galho” com outro utensílio.

PORQUE com os ingredientes medidos, cortados, descascados e de preferência separadinhos pela ordem de uso, você pode focar 100% na preparação diminuindo as chances de pular etapas e se machucar na cozinha.

PORQUE apesar de usar mais potinhos, a sua cozinha fica mais limpa e organizada quando você termina a receita.

Então, com tantos porques assim, sugiro você  levar o mise en place para sua pia e esquecer de vez  aquele cheirinho de queimado do refogado enquanto você descasca os legumes!

Ah, só uma perguntinha: não existe um dito popular para cozinhar???

Melhor deixar pra lá! rs

 

FOTO: DUPLA EXPOSIÇÃO

 

É Halloween. Faz como?

A semana mal começou e as mães lotaram a minha timeline com frases do tipo; “Alguém tem dentadura de vampiro?”, “Como posso decorar a casa?”, “Qual lanche meu filho leva para a festa da escola?” e por aí vai…

Eu não tenho filhotes, mas tenho amigos festeiros que adoooooram inventar moda para bebemorar. Portanto, é hora de preparar o nosso  last minute party KIT.
Inspire-se com essa seleção de ideias para quitutes!

1.SIRVA GUACAMOLE!

É verde, melequento, fácil de fazer, todos amam e se não fosse tão delicioso, daria nojinho. Ou seja, perfeito para a ocasião.

55c28648097191b5549eb8ab9af68b31

Bom, se você tiver um tempinho, faça o “corno job” completo e decore a abóbora como na foto acima. Se gostar de queijo cheddar, pode incluir essa gordice maravilhosa numa tigelinha, na parte de cima da abóbora, para fazer um dip. Yummy!!!

Atenção para o momento Bela Gil na decoração: você pode substituir a abóbora por um abacate grande que super funciona também. 😉

Falando em Bela Gil, minha musinha ayurveda, olha que bacana essas opções mais saudáveis!

guacamole ovo
Ovos bem cozidos, sem gema, recheados com o guacamole e chifrinhos de pimentão vermelho. Um amor!

2.ABUSE DAS FRUTAS!

Algumas ideias simples, outras nem tanto, mas que extrapolam a criatividade e permitem um lanchinho rico em nutrientes. Olha o #momentobelagil aí de novo, gentchi! rs

healthy14

A dica aqui é pegar uma laranja, de preferência não muito madura, tirar toda a polpa e preencher com a saladinha de frutas.

maca_2_halloween_sos_solteiros

E essa boca zumbi??? Que tal???
Compre uma maça grande, divida em 4 pedaços iguais. Cada pedaço será uma boquinha zumbi. Faça um corte em V para rechear com brigadeiro, doce de leite, pasta de amendoim caseira… o que preferir! Para finalizar, coloque as fatias de amêndoas, como se fossem os dentões, e… sua boca zumbi está prontinha!!!

boo-nanas

As minhas favoritas: as Boo-nanas!
São as bananinhas com gotas de chocolate de diferentes tamanhos imitando um fantasminha. Quer uma dica mais fácil que isso? AAAAAAaaaaah….

Tem sim!
Olha aqui embaixo.

tangerina_halloween

 

Tangerininhas in natura, pessoa física, com um talinho de aipo (salsão). Servem até pra decorar!

3.APROVEITE A FRENTE FRIA E FAÇA SOPAS!

ce794133b8b6025c17264620500ebbea

Sopas nesse atípico friozinho carioca são bem vindas! Pode ser de cenoura, abóbora, ervilha, tomate… O bacana é decorar com o cream sour. Coloque o creme em um saquinho de confeiteiro ou um saquinho plástico tipo ZipLock, faça um furinho em uma das pontas e desenhe os círculos, do menor para o maior. Para dar essa carinha de teia de aranha, pegue um palitinho, posicione no círculo menor, e arraste para o círculo maior. Voilá!

4. PRA QUEM É PROCESSADOS’ FRIENDLY. 

Não sou muito fã dessa tchurma. Mas, pra quem gosta… Aí vai!

hot dog mummies

Confesso: deu uma vontade de comer essa muminha!!! Tão inofensiva…. #sqn

Ah, antes que eu esqueça, a massa para enrolar pode ser de pizza, pastel de forno ou pão. Divirta-se!

Outra opção, um pouquinho mais trabalhosa é a vassourinha de queijo.

vassourinha de queijo

Sabe aquele salgadinho de palitinho? Pois é, ele mesmo! Basta enrolar nele uma fatia de queijo com as pontas cortadas em tirinhas e ao final, enrolar com um ramo de cebolinha.

Vamos as duas últimas opções de industrializados!!!

Sanduichinhos decorados:

sanduichinho de monstro

torradinha pizza
Luva de pipoca doce com balinha de gelatina na ponta imitando as unhas!

Halloween-Halloween-Party-Ideas
Depois de toda essa inspiração, só falta pendurar uns fantasminhas na parede, preparar os drinks e mandar um zapzap para os amigos.
Aproveitem e soltem suas bruxas!!!

Ah, se gostou da matéria, curte aí embaixo! <3

Fotos: reprodução

A minha Buenos Aires é dos argentinos! – Aramburu

Voltei!

O motivo da ausência: fui comemorar meu aniversário com maridinho em Buenos Aires.

A justificativa é boa e estou perdoada, né?

Bem, foram alguns dias de sossego, temperatura agradável, modelitos “comfy chics”,previamente montados e fotografados, para não perder tempo escolhendo as peças durante a viagem,  muito bate perna para gastar as calorias da comilança e cineminha quase todo dia.

Essa semana darei algumas dicas de revirar os olhinhos!

Pra começar, esqueça La Cabrera, Las Lilas, Sucre, Faena … e todo aquele roteiro manjadão. Xô mesmice!

Vamos à Argentina dos argentinos!

A dica TOP de restaurante dessa viagem é o Aramburu Restó, em San Telmo.

Dê seu jeito e grave esse nome! Pra facilitar ainda mais a sua vida, a pronúncia correta é “Arambúru” e não “Aramburú”. 😉

O proprietário e chef Gonzalo Aramburu é de um rigor na execução e criação do menu que te faz desejar percorrer os 19 passos (como ele define o total de pratos que será oferecido) de novo  no dia seguinte. O restaurante está em 14o lugar no 50 melhores restaurantes da América Latina. E não é à toa! O atendimento é tipo exportação, a harmonização deixa qualquer um de queixo caído e ele conseguiu unir a prepotência  esquizofrênica da cozinha molecular com a comida caseira argentina.

Ah, se você não faz a linha phyna(o) e adora bater aquele pratão, pode ficar  traaaaaaanquila(o); você não sairá de lá com fome!

Pra você entender que esse lugar realmente é imperdível, a precisão vai além da cozinha. A concepção arquitetônica também foi milimetricamente calculada. O espaço é simples, minimalista, tem cerca de 15 mesas e um balcão que fica colado na cozinha para você poder observar tudo.  A cozinha, por sinal, fica mais alta que o nível do salão, dando a impressão de que os cozinheiros são deuses. Alguns até são! Com todo respeito, marido. 😉

Ainda sobre a decoração, que é um ponto importantíssimo na construção dessa experiência,  as paredes são grafite e um único armário do chão ao teto habita o salão, expondo todas as taças e louças que serão usadas. A iluminação destaca a comida e não quem a come, é uma luz totalmente direcionada ao centro das mesas onde o prato é servido. Ah, e vc de quebra ainda fica linda(o), porque a mesa vira um rebatedor e deixa qualquer pele um pêssego, o que é perfeito para o momento sedução.

Uma foto para ilustrar como a iluminação é fantástica.

 

VAMOS AO QUE INTERESSA!

Esse lombinho de porco “embaixo da moita”, foi apenas o melhor da vida.  Jésuis!

E aí, babou?

Dá uma olhadinha no menu da estação primavera!

É um abuso de ingredientes, texturas e sabores. Tem quinoa, ave, peixe, flores, foie gras, mostarda, vieira, carne de boi, caramelos, pepino, crosta, espuma, rolinhos, “gravetos”, caldas, “pastilhas”, sorbets… Uma loucuuuuuuura!

Foi, né? Acho que te convenci.

Pra fechar: leve dinheiro, pague em pesos, o cambio oficial cobrado pelo cartão de crédito deixa a conta estratosférica  e RESERVE com antecedência!

Se quiser ver mais fotinhos da minha trip, confere lá no meu instagram @lucieda !

Até quinta, com os melhores drinks de Buenos!!!

 

Foto destaque: Celso Barreto
Foto 1: divulgação
Foto 2: The Lost Asian

Mais gelo, por favor.

Antes mesmo do inverno oficialmente ir embora, a primavera já havia dado o ar da graça. Impossível não lembrar do calorzinho de 40oC das últimas semanas no Rio, não é mesmo? Pois é! Chegou a hora de se refrescar! E como eu adoooooro uma novidade…

A dica de hoje para o Semanier são algumas opções para gelar sua bebidinha, seja ela com ou sem álcool.

MÃOS À OBRA!

1 a dica: Gelinho frutado (foto capa)

Essa diquinha rolou no ano novo lá de casa e desde então… cada final de semana invento um gelinho frutado diferente. O legal dessa dica é  a bebida não diluir com a água do gelo.

Basta comprar maçã, pera, melão ou melancia (foram as que testei até hoje!) e com um boleador, fazer as bolinhas de fruta e, depois de todas prontas, colocar no freezer.

O pulo do gato para saírem perfeitinhas e redondinhas depois de congeladas, é colocá-las num tabuleiro forrado com papel manteiga ou alumínio, separadinhas, para não grudarem e quebrarem  na hora de tirar.

Curtiu?

Se você não tiver tempo ou quiser fazer algo fofo e prático é só seguir a dica da minha musa, Rita Lobo (aquela linda do programa Cozinha Prática, do Canal GNT)! <3

Basta comprar uva sem caroço, limpar direitinho e colocar no freezer. Depois de congeladinhas… Plimmmm! Encher o copo!

Não é facim?

2a dica: Gelos aromatizados e decorados

Colocar nas forminhas de gelo o seu tempero ou fruta favorita e preenche-las  com uma das sugestões abaixo:

Fazer uma misturinha de suco de lima com algumas gotinhas de água de rosas

Chá de capim limão

Água de côco com florzinha de mangericão

Os meus já estão prontos!

Atenção: como os gelos são aromatizados, faça a misturinha de forma que combine com a bebida que for servir.

Uma combinação que adoro é a sangria de vinho branco com o gelinho de lima e água de rosas. Outra opção delícia para usar esse gelinho perfumado é colocar na caipivodka, desde que seja cítrica. Pode ser: laranja, lima, abacaxi, tangerina, uva verde…. Pode pirar!

Mojito, Gim Tônica, Caipivodka ou saquê de abacaxi, lima, limão, melancia e kiwi super combinam com o gelinho aromatizado de capim limão (ou santo, como é chamado em algumas regiões do Brasil). Ouso até dizer que aquela cervejinha TOP, se geladézima pode ficar mais leve e saborosa para os paladares femininos.

E a água de côco é tão amadinha que até no whisky já foi usada, por iniciantes. Algo que deixou os iniciados uma fera! rs Mas, e daí?!

O que importa é ser feliz e jogar o seu gelinho aromatizado onde vc bem entender!!! 😉

Refresque-se!

Ah, se gostou das dicas, não esquece de curtir a matéria! 

Foto 2: divulgação site Panelinha

Kibe do bem

A dica da Confraria de hoje é deliciosamente gorda e me fez um bem danado!

Na semana passada eu li no jornal sobre os refugiados sírios que estão em Botafogo vendendo quitutes árabes. Eu fui lá conferir e vou contar pra vocês.

A barraquinha fica na Rua Voluntários da Pátria, do lado de fora da Igreja São João Batista, em Botafogo. Tem kibe, faláfel, esfirra e homus.

Detalhe:
Chegar mais cedo pra comer esfirra! – disse o Sr. Mohammed, pai dos meninos aí da foto.

Abd Alrahman, eu e Ebraheem Alrahman

Era uma hora da tarde e já não tinha quase nada… Para meu desespero, em dois minutos de conversa com ele, a barraquinha lotou de novo e quase fiquei sem as minhas gostosuras.

Olha isso!

Adeeb Mohammed,  Abd, Ebraheem e o povo estimulando a economia interna

As embalagens de kibe e faláfel contém 6 unidades e as de esfirra (snif, snif, snif!!!) contém 4 unidades.  Cada uma custa R$10,00. O potinho de homus também custa R$10,00 . Saí com minha sacolinha pela Voluntários da Pátria e, não resisti, no meio do caminho comi o meu primeiro kibe. Gentchi, a crosta de trigo fica intacta por fora e a carninha moída temperadinha e molhadinha por dentro. Verdade que estava frio e gorduroso, mas o tempero…. Sensacional! #MeMataPersonal

Cheguei em casa, liguei o forno e deixei as friturinhas aquecendo por 10min. Pronto! Friturinhas crocantes e sequinhas de novo. Praticamente inofensivas. rs

Ah, o faláfel, diferente do “abrasileirado”, tem pedacinhos de castanha e o homus, a pasta de grão de bico, é mais molinha, tem mais tahine na mistura. Adorei!

O dia que amanheceu nublado, ficou até colorido depois de tanta esperança na minha frente.

Que a comida continue quebrando barreiras e unindo os povos, não é mesmo?!

_/\_