Tábuas pra que te quero

Atendendo a pedidos, vamos falar de aperitivos!
Quem não ama? Com um vinhozinho, geladinho, no sábado a tarde então…Irresistível!

Sabe qual é a modinha do momento?  Servir em tábuas.

Figurinha fácil nas recepções da década de 80, a tábua de frios foi resgatada de forma um tanto heróica pelo Chef e Mr Simpatia Jamie Oliver, no restaurante Jamie’s Italian. Olha que apetitosa a foto aí de baixo!

9254cae2a88340ec39bd646cac509629

Contudo, sinto até arrepios só de ver uma lindeza dessas zanzando por aí.
Vou te contar!

Minha avó sempre pedia ajuda para dobrar os embutidos. Clássico! Eu prontamente desligava a televisão, lavava as mãos e corria para a cozinha. Para mim, ex-gordinha e carnívora, montar a tábua de frios era o céu na terra!

Eu olhava aquele presunto, mortadela, queijo bola e salame com tanta admiração e desejo, que a metodologia de montagem era: enrola um, come dois. As vezes três, porque ninguém é santo! E nesse ritmo, óbvio que a tábua ficava desfalcada e a bronca comia solta. Uma injustiça!

Trinta anos depois, os arrepios vêm pelo simples fato de ainda não ter o autocontrole para resistir a essa orgia. No início da festchinha até faço a phyna, a orgânica, ayurveda… Mas basta uma fatiazinha daquela rodelinha sardenta, chamada salame, para querer a tábua inteira.

A minha sorte é que felizmente, hoje temos muitas opções e podemos fazer tábuas mais saudáveis!!! Basta ter imaginação.

Vamos lá!

55611570606ed232815efca6c51346f2

Para uma simples tábua de queijos como a da foto, pense sempre na combinação infalível: frutas naturais e secas, algo crocante como amêndoas e castanhas e bases variadas, como: torradinhas, grissinis (palitinhos com ervas), maçã ou cenoura cortadinha, pão fresco e etc.

Uma outra opção que amo é fazer por temas ou regiões.

mediterranean platter
Figo, alcachofra, beringela grelhada, pepininhos, azeitonas, homus tradicional, apimentado, dip de yogurte com hortelã combinados e voilá! Temos uma “tábua” mediterrânea. Viu que é possível imprimir o mesmo conceito do “tudo junto e misturado” em um prato grande de cerâmica?

E para aqueles dias de manutenção da dietinha ou amigos vegetarianos a proposta abaixo é perfeita. Abobrinha e couve-flor grelhada, sourcream, aipo (salsão), azeitonas , tomatinhos, pastinha de beterraba com ricota, legumes crus, queijos, pãozinho de ervas são uma ótima pedida.

81bd085bc1b3c2f5dd17c080f5586813Curtiu?
 Assim como eu, nosso amigo Jamie e outros anfitriões e gourmets espalhados pelo mundo aderimos a essa delícia, que estava esquecida láááááá atrás, você também pode criar uma tábua linda com suas especialidades para receber ou levar à casa de um amigo.

É uma opção econômica, pois você compra um pouquinho de cada matéria prima, e tirando a tábua vegetariana, com vários legumes cortadinhos ou grelhados, todas as outras são super práticas.

A dica é fugir do certinho, organizadinho ou perfeccionismo virginiano. Pode espalhar os ingredientes aleatoriamente, derramar os molhos em seus espaços e deixar a mistura acontecer.

Pode fazer. Será um sucesso!

Thanks, Jamie!

Estamos de mudança!

00960_COR

Ei! Não foge, não! 
Isso não é uma pegadinha de primeiro de abril!
Pode não parecer…. Mas, vc está no Semanier.

Sentiu esse abraço? Sou eu e Marcella Castro há 6 anos atrás, no dia mais importante da minha vida.

Hoje, mesmo com alguns quilinhos e ruguinhas a mais, ainda sou a Lu Moreda e a Marcella Castro, agora morena e com cabelo mais curtinho, continua bela, gostosa e com aquelas ruguinhas no nariz ao sorrir que tanto amamos.  Fato é que, por aqui, o mais importante não mudou. Quer dizer, mudou sim! Nosso amor, amizade e admiração só aumentaram. _/\_

Olha a gente aí!

28112015 Confraria Imperial primavera459

Desculpem-me as declarações e o sentimentalismo, mas ando sensível demais ultimamente…  Até o final do texto saberão o motivo.

Pois bem, aconchegue-se na cadeira e sinta-se em casa de novo porque estamos juntos, conectados e o papo é fresco, leve e cheio de carinho como sempre.

Confesso que usei a mesma interjeição que você: UFA! rs

Porém, como já percebeu, o Semanier também está diferente….Resolvemos descascar, trocar de  pele, igualzinho ao outono após um longo verão. É por isso que estamos peladinhos desse jeito.

NUDES? rs

A nossa mudança de layout não foi um desapego, uma adaptação à moda minimalista ou, simplesmente, um “cansei!”. Decidimos mudar pois é preciso crescer, expandir e enxergar novos horizontes. E não conseguiríamos isso, imediatistas como somos (eu e Marcella), ainda respirando a logo antiga.

Então, agora você já sabe: não só o Instagram mudou (para visualizar todos os conteúdos publicados por alguém, você precisa “ativar as notificações” no perfil de quem está seguindo.), nós também mudamos!!!

Apesar de “peladinhos”, o nosso móvelzinho de sete gavetas continuará firme, intacto por aqui e virá, em breve, de cara nova, com novas matérias, histórias, dicas e muito conteúdo autoral para você.

Algumas novidades que vem por aí:
Novos colaboradores. YAY!
Euzinha dando dicas, no melhor estilo Personal Anfitriã… Só que (Tchã-nã-nã-nããaãã!!!), diretamente de Portugal. Simmmmm! A Confraria vai cruzar o atlântico e terá uma nova casa também! Não falei que mudar é preciso??? Então, teremos dicas de decoração, enxoval, restaurantes , viagens, drinks, mimos e a mais incrível de todas: casamento!!!

Portanto, muita calma nessa hora e… Continue aqui, juntinho com a gente, enquanto uma nova carinha é desenvolvida pela nossa designer.

Ah, precisamos muuuuuito de você!
Ou achou que ficaria aí, sentadinha , só lendo?
Nã,nã,ni,nã,não!
Comenta aqui embaixo o que gostava e o que sentia falta.  Agora é a hora de participar e reformar o movelzinho com a gente!
Com amor,
Lu Moreda.

PS: Quer fazer a fofura do dia? Ative as notificações no Instagram em nossos perfis  @semanier @lu_moreda @confrariaimperial ! <3

Foto2: Dupla Exposição

O Kit Básico – mise en place

No último post falamos da primeira etapa de uma receita, o mise en place.

Cortar, descascar, picar, medir, separar, ordenar …. Tudo isso faz muita diferença na hora da execução.

Então, para facilitar ainda mais a sua vida, eu fiz uma lista com as ferramentas de cozinha mais utilizadas para essa etapa queridinha.

Noivinha(o)s! Galera de mudança! Super recomendo incluir na listinha do chá de panela e iniciar as compras!

Atenção: Esta listinha é básica!
kit básico anfitria

Lembrem-se,  cada receita tem uma necessidade diferente de utensílios. Portanto, antes de começar a fazer qualquer receita, cheque o que você tem disponível em casa.

Até o próximo post contando TUDO sobre a Confraria Imperial – Estação Primavera!!!

 

 

Mise en place, muito prazer!

Se há uma coisa que faço muita confusão são os ditos populares. Troco tudo. Um horror!

Eu seria um desastre, não fosse meu avô falar duas pérolas toda vez antes de eu dirigir: “A pressa é inimiga da perfeição.” e “Vai devagar para chegar depressa.”.

Pois bem, descobri nas minhas aventuras de “chef de final de semana” que os ditados do vovô se aplicam muito bem também quando estou cozinhando.  Afinal, pressa e praticidade não são sinônimos!

Pressa na cozinha significa: dedo cortado, carne tostada, molho aguado, comida salgada, mão queimada e etc, etc, etc… Se identificou?

Agora, quando falamos de praticidade, lembramos imediatamente dos programas de culinária e aqueles potinhos espalhados na bancada com todos os ingredientes descascados, medidinhos, separadinhos, picadinhos e prontos para usar.

O nome disso? Mise en place.

Cobertura fotográfica da Confraria Imperial em Espaço Arteiro - Itaipava

Essa etapa, apesar de pouco glamurosa, é essencial na culinária e pode ser o “pulo do gato” quando você for fazer receitas que ainda não tenha muita prática.

Sabe por que?

PORQUE evita o pânico de você esquecer algum ingrediente no meio da preparação da receita.

PORQUE com todos os utensílios (assadeira, peneira, batedor, espátula, luva de silicone….) a mão, o preparo leva menos tempo e, melhor, não há desperdício dos ingredientes tentando “dar um jeitinho” ou “quebrando o galho” com outro utensílio.

PORQUE com os ingredientes medidos, cortados, descascados e de preferência separadinhos pela ordem de uso, você pode focar 100% na preparação diminuindo as chances de pular etapas e se machucar na cozinha.

PORQUE apesar de usar mais potinhos, a sua cozinha fica mais limpa e organizada quando você termina a receita.

Então, com tantos porques assim, sugiro você  levar o mise en place para sua pia e esquecer de vez  aquele cheirinho de queimado do refogado enquanto você descasca os legumes!

Ah, só uma perguntinha: não existe um dito popular para cozinhar???

Melhor deixar pra lá! rs

 

FOTO: DUPLA EXPOSIÇÃO

 

Eataly que te fa bene!

Slide1

Fazia tempo que eu estava querendo conhecer o famoso Eataly, o mercado/restaurante/piração que reúne as maiores delícias italianas em um único lugar. Semana passada estive em São Paulo a trabalho e, entre uma reunião e outra, aproveitei para fazer uma visita ao local.

Ao todo existem 29 Eatalys espalhados pelo mundo. A ideia é ter um espaço onde você possa comer, aprender e comprar. E olha, garanto que podemos fazer os 3.

A entrada de vidro, com cara de lugar muito bacana, mostra o quanto o Eataly é diferente de todos os mercados que temos por aqui, apesar do ar de grandiosidade, é convidativo e aconchegante.

No primeiro piso, barracas tipo de feira repletas de legumes e verduras lustrosos, bonitos e coloridos como um arco íris, dividem o andar com estantes de utensílios de cozinha e afins.

Uma escada rolante para cima, no segundo pavimento, pastas, carnes, temperos e vinhos de toda sorte – alguns com preços accessíveis e outros bem salgadinhos – nos enchem a boca de água e o carrinho, afinal é difícil sair de lá sem comprar nada.

Falando em dificuldade, quero ver quem consegue resistir aos restaurantes do 2º. Andar. Mais parece a escolha de Sophia, tem que provar pelo menos um. E vamos combinar que a variedade é tamanha – carnes, peixes e frutos do mar, frios, pizza, verduras, pastas, cafés, chocolates, nutella e muitos doces – que, mais uma vez, não dá para sair de lá sem consumir nada.

Eu, por minha vez, fui conquistada por uma fatia de pizza Marquerita e uma taça de vinho tinto MA-RA. Por um momento pensei que não devia para não engordar, um segundo depois fui encorajada pelo garçom que me explicou que o que engorda é a culpa, então, comi com enorme prazer.

Slide2

Slide3

Apresentação1

Slide5

Slide6

Slide7

Slide8

Slide9

Fotos: Marcella Castro