Nancy: bolsa ou flor?

Essa bolsa Nancy Gonzalez mais parece uma peônia perfeita do que uma simples bolsinha. Ela pode transitar do acessório romântico ao toque descolado que às vezes falta num look super básico. Em formato hexagonal, em couro de crocodilo, é difícil de acreditar que Nancy tenho conseguido chegar a perfeição da pétala de uma flor nos detalhes.

À venda na Net-A-Porter por $2,200

Foto: reprodução

Peso Pena

Se o “menos é mais”, a Maxi Featherweight Ebury da grife Anya Hindmarch é muito mais! O design clean, couro perfeito, formas limpas e a falta de monogramas extravagantes fazem com que esta bolsa dê o que falar.

Para criar a parte interna em outra cor, os artesões da marca desenvolveram uma técnica de fundir couros onde não há a necessidade de muita costura, o que possibilita que a bolsa fique bem mais leve, daí o nome Featherweight, que em português significa “peso pena”. É o tipo de bolsa ótima para se levar numa viagem ou para trabalhar, o peso é tranquilo e o tamanho é excelente para carregar tudo – digo, tranqueiras – que uma mulher não vive sem.

A Maxi Featherweight Ebury está a venda no site Anya Hindmarch.

A rainha das bolsas Olivia Palermo com o seu exemplar da bolsa.

Foto: reprodução

A bolsa preferida das gêmeas Olsen

Adorei essa bolsinha que vem sendo muito usada pelas famosas gêmeas Olsen. O bacana é que o modelo faz parte da coleção de Outono da marca das duas, a The Row. Os acessórios da marca têm feito tando sucesso que Mary Kate e Ashley levaram a estatueta de designers de acessórios no CFDA Fashion Awards 2014. Esta é a segunda vez que as meninas, que são consideradas ícones fashion por toda uma geração, ganham um prêmio CFDA.

A The Row foi criada pelas irmãs quando elas tinham apenas 20 anos. No auge dos seus 27, as duas já são consagradas mundialmente como designers e fashionistas super antenadas. Olhando as gêmeas hoje, fica difícil de associá-las aquelas duas pequeninas que interpretavam meninas travessas em seriados e muitos filmes. Mary Kate e Ashley estão construindo uma história de peso no universo da moda como grandes estilistas e empresárias.

Foto: reprodução

Peekaboo bags: Feita de Luxo e Caridade

A Fendi convidou 9 personalidades femininas interessantes para criarem seu modelo da Peekaboo bag com o objetivo de arrecadar fundos para instituição Kids Company em leilão orquestrado pela elegante Sotherby´s. Com essa jogada de marketing, a grife garante à bolsa o título de “ícone mais do que instantâneo”.

Inspirados pelo espírito e patriotismo britânico, os modelitos assinados pelas super mulheres – Gwyneth Paltrow, Cara Delevingne, Adele, Jerry Hall, Georgia May Jagger, Zaha Hadid, Naomie Harris, Tanya Ling e Kate Adie – chegou em tempo e foram apresentados no lançamento da mais nova boutique da marca, na New Bond Street em Londres.

GWYNETH PALTROW

CARA DELEVINGNE

ADELE

JERRY HALL

GEORGIA MAY JAGGER

ZAHA HADID

NAOMIE HARRIS

TANYA LING

KATE ADIE

Só uma curiosidade: A Kids Company é uma instituição inglesa, criada por Camila Batmanghelidjh em 1996, que fornece apoio prático, emocional e educacional para crianças vulneráveis do centro da cidade de Londres. A empresa não só ajuda a criança como também trabalha com o família. O objetivo é tirar tais crianças de um universo extremamente violento e assim dar uma oportunidade e um futuro melhor para cada uma delas.

Link: http://www.fendi.com/ii/en/fendilife/auction/

Link: http://www.kidsco.org.uk/

Fotos: reprodução

Shourouk para Princesas

Depois das super concorridas bijus, Shourouk Rhaiem expandiu sua linha de objetos desejáveis e apostou numa peça que é capaz de virar a cabeça de qualquer mulher, as bolsas. A parisiense lançou uma coleção de bolsinhas de pvc com detalhes em pedras – coisa de realeza – que está deixando a mulherada pirada. O precinho é bem salgadinho, passa dos 700 dólares, mas quem não quer ser princesa por um dia?

Fotos: reprodução

Siga o Semanier no Instagram e no Facebook.