Poder em uma Bolsa Mini

Slide2

Faz tempo que não anuncio aqui minha paixão por bolsinhas, não por falta de novidades lançadas nas grandes marcas, mas pela falta de modelos que realmente me encantem. Acho que ao falar de uma bolsa, nós blogueiras temos que levar em consideração quesitos que vão além da beleza do acessório, dentre eles, praticidade, elegância, acabamento e versatilidade.

A Georgia Mini da Chloé preenche todos esses quesitos. Fabricada com a qualidade sempre presente na marca que eu tanto amo, a Georgia é preocupada com os detalhes. Ela possui dois compartimentos separados, alças reguláveis para ser usada no ombro ou transpassada, apesar de mini, consegue carregar os nossos essenciais, é versátil, passeia do dia a noite e além de tudo isso, ainda é linda de viver.

Embora seja mais uma mulher de bolsas gigantes, as minis estão cada vez mais ganhando espaço no meu mundo. Tenho curtido achar tudo rapidinho e a bolsinha pequenina te obriga a andar mais organizada.

A belezura esá à venda na MyTheresa por $ 1,090.

Slide1

Slide3

Foto montagem: Semanier

Super top: Chloé Baylee Bicolor

A Chloé Baylee é a mais nova queridinha da marca. Basta olhar para esta belezura e podemos entender isso.

Toda feita em couro, com alça sobressalente que deixa as mãos livres, ela pode ser encontrada em 3 tamanhos, pequena, média e grande (tamanho ideal para as minhas tranqueiras do dia a dia). Além disto, possui um fecho éclair com trava que faz com que a Baylee seja uma bolsa segura para ser usada na cidade e uma ótima opção para ser levada em viagens.

Porém, o que fez com que a Baylee entrasse na minha wish list, desbancando todas as adversárias, foi cada face ser de uma cor. Sempre tive uma queda pelas bolsas da Chloé, mas esse modelo é lindo demais! O único problema é escolher a tonalidade.

Qual você prefere: a elegância do preto com cinza, a praticidade do camelo com marrom, o charme do verde claro com o verde escuro ou o contraste do nude com preto? Pode escolher!

Quem não curtir a bicolor, a Baylee também pode ser de uma cor só. Demais, né?!

Fotos: reprodução

Expo Chloè Attitudes

Para comemorar os seus 60 anos, a maison francesa Chloè organiza uma exposição retraçando toda a sua trajetória. A retrospectiva será apresentada no coração do museu mais moderno e cool de Paris – o Palais de Tokyo a partir de setembro.

A Chloè foi criada em 1952 por Gaby Aghion que imaginou uma marca de moda que pudesse traduzir o prazer, a liberdade e a modernidade. Por isso o Palais de Tohyo foi escolhido para a primeira exposição totalmente consagrada à marca batizada de “Chloè Attitudes”- organizada pela reconhecida Judith Clark.

A exposição vai retratar a história da Chloè através de uma tragetória temática. Nem cronológica e nem nostálgica e sim criativa, serão apresentadas as idéias e imagens que vieram a cabeça de Gaby para a concepção de sua marca. Algumas peças emblemáticas de diferentes designers que já passaram pela direção criativa da marca também serão apresentadas na exposição. A Maison francesa vai editar 16 modelos icônicos da marca como o vestido Violon de Karl Lagerfeld (verão 1983), a T-shirt Abacaxi de Stella McCartney (Primavera-Verão 2001), a bolsa Paddington de Phoebe Philo (primavera-verão2005) e os shorts e capa de couro de Hannah MacGibbon (outono-inverno 2009 /2010).

A exposição será realizada entre 29 de Setembro 18 de novembro de 2012 no Palais de Tokyo. Ainda falta um pouco e já está dando o que falar já que as 16 peças que serão especialmente reeditadas para a ocasião estarão disponíveis nas lojas a partir de fevereiro de 2013.

Olha que ideia genial!

Violon Dress

Violon Dress

Paddington bag

Retrato de Gaby Aghion por Raymond Aghion

Fotos: reprodução

It Bags – Lista Vogue

Todas as grandes grifes lançaram as coleções outono 2011, isso inclui as bolsinhas que nós passaremos a querer a partir de agora – as It bags do momento.

A Vogue Francesa elegeu 20 belezuras. Para falar a verdade, algumas eu nem achei tão belas assim. Eu só (?!) me apaixonei pela LV algema, a Céline branca, a Prada, a Rochas, a Roger Vivier, a Ferragamo, a oversized coin bag Miu Miu e a Chyc de Yves Saint Laurent — MA-RA!– A Bottega é lindinha e diferente, mas ainda prefiro o modelo de trecê hobo da marca. Já a Ralph Lauren é um susto e levou o trófeu abacaxi.

*Givenchy “Obsedia”: 990 euros
*Lanvin – Madame Lanvin: preço varia de acordo com o material
*Chanel Boy em couro vermelho e fecho de metal: entre U$ 2.500,00 e U$ 4.500,00
*Ralph Lauren: 1.595 euros

*Valentino em couro de lagarto: preço sob consulta
*Prada: preço sob consulta
*Gucci – Modelo 1973: 1.350 euros
*Yves Saint Laurent – Chyc em nobuck e couro de avestruz: 1.595 euros

Rochas: preço sob consulta
Fendi – Anna em couro de lagarto: 4.180 mil euros
Emilio Pucci: 1,3 mil euros
Dior – Miss Dior: 2,1 mil euros

*LV Clucth Lockit – 1,5 mil euros
*Cholé: preço sob consulta
*Roger Vivier – Miss’ Viv Rider: preço sob consulta
*Miu Miu: 1.250 mil euros

*Céline: 2,1 mil euros
*Maison Martin Margiela de couro de crocodilo: 1,2 mil euros
*Bottega Veneta: 3,5 mil euros
*Salvatore Ferragamo – Louise: 6,5 mil euros

Agora é só escolher a sua mais nova paixão…

Fotos: reprodução