Osso Carnicería y Salumeria, mais uma dica de Lima.

IMG_20150906_151623

Mais uma grata surpresa, no pulo de 4 dias que dei em Lima, foi o inusitado restaurante Osso. Trata-se de um açougue refinado (ou seria uma loja de carnes?) e um restaurante descontraído – e super descolado – onde podemos degustar os maravilhosos cortes de carne vendidos no açougue.

Ambos, o açougue e o restaurante comandados pelo Chef Renzo Garibaldi, são o máximo. O primeiro é um charme para conhecer e levar os produtos para comer, pena que não podemos trazer as carnes para o Brasil, mas vontade não me faltou. Já o segundo, como contei no começo do post, é descontraído e ultra descolado, perfeito para um almoço entre amigos. A decoração leva a cozinha aparente com os móveis de madeira e o ambiente confortável.

O bacana de toda estrutura é que lá eles comercializam, de forma sustentável, carnes de primeira qualidade provenientes de animais que foram tratados com o máximo de respeito.

A comida é excelente!! Não perca o hamburquinho que pode ser pedido como entrada para a mesa toda e depois, sugiro que se aventure numa carne diferente e esqueça a mesmice do filet mignon por uma refeição e pratique o amor pela diferenciação da suculenta carne vermelha.

Os vinhos são espetaculares e preço da carta de vinhos é bom se comparado com outros restaurantes tops peruanos. A comida também não é das mais caras – mas lembre-se que com o alto valor do dólar devemos ficar em alerta, ainda assim, vale a experiência. Inclusive, a experiência é válida do começo ao fim, “startando” com Pisco Sour de aperitivo (afinal, isso é o Peru!), passando pelas entradinhas, já com um vinhozinho tinto para harmonizar, se deliciando com o prato principal e terminando nas fantásticas sobremesas. Coisa de louco guloso e carniceiro!

Ao visitar o Osso, apesar de ter sido um restaurante muito bem recomendado, não fazia ideia que estava comendo num dos melhores restaurantes da América Latina. Foi ou não uma grata surpresa?

IMG_20150906_134001

IMG_20150906_140945

65842768-093b-4c83-8553-3f7f356041c8

IMG_20150906_154250

d7ad7698-48e9-4b84-8c83-3441449aab80

Fotos: de todos da mesa

Um pulo em Lima: La Mar by Gastón Acurio

mt6g

Nossa primeira parada gastronômica séria – digo séria, pois rolou um Pisco no hall do hotel logo na chegada – foi no descolado La Mar Cebicheria do renomado Chef Gastón Acurio.

O La Mar não aceita reserva, senta-se por ordem de chegada e, por isso, é o restaurante perfeito para se começar uma saborosa estada em Lima – “cool” e delicioso.

De cara deu para perceber que quem vai a Lima com o propósito de comer bem, jamais ficará decepcionado. Piscos em profusão e toda a sorte de Ceviche que se pode imaginar fizeram bonito na nossa grand estreia na cidade. Provei ceviches diferentes e fantásticos. Dá água na boca só em escrever. Os ceviches são super bem feitos, a consistência dos peixes é perfeita e são ácidos na medida. Saí de lá muito feliz com a iniciação à culinária limenha e também tanto “burracha”.

Só para constar, existem outros La Mar Cebicheria espalhados pelo mundo, mas algo me diz, que perdem o charme quando não estão no Peru.

IMG_20150904_142026824

mezcla6g

IMG_20150904_142330758_HDR

crudo6g

Foi um avanço. rs

Foi um avanço. rs

Foto 1,3,5: divulgação

Um Pulo em Lima

10941871_794823473940389_4903194059909007837_n

Neste último feriado fui conhecer Lima no Peru. Por dica de uma amiga querida, que queria retornar a essa capital tão simpática, nosso grupo – 4 casais – resolveu passar o Feriado da Independência na Cidade dos Reis. E para minha felicidade, lá se come como um Rei (ou no meu caso, como uma rainha gulosa).

Imagina uma trupe de 8 adoráveis amigos gourmands que amam a arte da culinária reunidos em Lima?!

Pois é, juntamos a nossa fome com a vontade de comer e nos aventuramos nesta orgia gastronômica.

Nos próximos dias, vou postar dicas e lugares bacanas que considero imperdíveis. Mas não pensem que só de comida, vive-se no Peru. É super fácil se encontrar maravilhada pelas ruas de Miraflores, bairro que, junto de San Isidro e Barranco, é um dos os points cobiçados da cidade.

Miraflores é lindinho em todos os sentidos, as ruas são limpas, o povo é agradável, os jardins são floridos e muito bem arrumados, tem até arranjo de flor pendurado nos postes. E para colorir ainda mais esta bela cidade, tem o artesanato local… Uma loucura! Alimentei meus olhos com a gama de cores presentes nas Artesanías Peruanas: mantas, bolsas de palha, pulseirinhas e bijuterias, que vão do branco ao preto, passando por grande parte da cartela Pantone. Pirei!

Embora os 3 bairros sejam os mais descolados de Lima, o Centro Histórico não deixa nada a desejar. Super vale passear na Plaza das Armas e suas construções antigas com seus charmosos “balcones”, uma espécie de baywindow de madeira ou varandinha acoplada aos prédios, também é bacana, tirar foto do Palácio do Governo, na Catedral, e visitar a Igrejinha Rosa do Convento do Santo Domingo, onde tem uma imagem belíssima da Santa Rosa de Lima.

Amanhã mais dicas deste lugar que me encantou…

Foto aérea de Miraflores - reprodução.

Foto aérea de Miraflores – reprodução.

As cores do Peru.

As cores do Peru.

Essas mantas ficam lindas na decoração.

Essas mantas ficam lindas na decoração.

Plaza das Armas e os balcones.

Plaza das Armas e os balcones.

Convento Santo Domingo com a Imagem da Santa Rosa de Lima - comprei um terço dela com cheirinho de rosa LINDO!

Convento Santo Domingo com a Imagem da Santa Rosa de Lima – comprei um terço dela com cheirinho de rosa LINDO!

Palácio do Governo

Palácio do Governo

Foto 1: reprodução