VFNO no Village Mall

Ontem foi o Vogue Fashion Night Out no Rio de Janeiro, dia daquela corujinha descolada e também da profusão de eventos interessantes e gente bacana desfilando por alguns dos muitos shoppings cariocas: Fashion Mall, Rio Design Barra e Village Mall. Como meu dia foi um pouco corrido, eu acabei optando por só ir ao terceiro. E a minha escolha foi ótima!

O Village estava incrível! Pra todo lugar que se olhava, havia alguma coisa inusitada acontecendo – teve até gente andando pelo teto de vidro do mall. Desfiles mil; DJs a rodo; pessoas bonitas, comidinhas e bebidas por todos os cantos.

As atrações que mais curti, foram o desenhista que fez uma caricatura minha na loja do Ara Vartanian, usando uma joia do próprio – AMEI! Fiquei me sentindo! -, e a aula/degustação da querida e simpática Flávia Quaresma na loja das fantásticas panelas Le Creuset. Não preciso nem dizer que o risotinho de rabada entrou para minha listinha dos pratos favoritos. Quero só ver se consigo fazer com o mesmo sabor que a Flávia.

O desfile de Vitor Dzenk arrasou mais uma vez, tanto pelas roupas belíssimas, quanto pela sua criatividade. O estilista aproveitou as escadas rolantes do shopping como uma passarela de sobe e desce de modelos em vestidos coloridos e esvoaçantes.

Estande da Phebo: make para quem quisesse ficar ainda mais produzida.

Eu e Cris Pinheiro Guimarães no Ara, pirando com as joias.

Momento “QUERO TUDO” no Ara Vartanian.

Lucciano Maia desenhando a pequena eu.

A “pequena eu”… O que acharam? rs

Passeando pelos corredores: Ana Thorelly, Carol Buffara e eu.

Aguando na aula/desgustação da Chef Flávia Quaresma na Le Creuset.

Sonho de consumo: uma cozinha toda Le Creuset.

Risotinho de Rabada… BOM DEMAIS!

Fim do desfile do estilista Vitor Dzenk.

Fotos: Marcella Castro – Semanier

Boutique B no Pobre Juan

Fazia tempo que eu queria conhecer o Pobre Juan, restaurante paulista que desembarcou no Rio de Janeiro junto com a inauguração do tão comentado Village Mall. Depois de algumas tentativas frustradas – o lugar é uma febre, disputadíssimo de segunda a segunda – eu finalmente consegui.

Ontem, a convite dos donos do local, a turma do Boutique B Online foi conferir a famosa carne Pobre Juan. Olha, se eu fosse descrever a delícia que é numa só palavra, eu diria: UAU! A suculenta carne é digna de ser comparada com os melhores restaurantes de parrilla da Argentina. O que vamos combinar: é coisa para caramba!

Como se não bastasse essa carne deliciosa, os acompanhamentos também são incríveis. A batatinha suflê faz parte com cardápio de imperdíveis do lugar. E para fechar o menu da orgia gastronômica com chave de ouro, imaginem dois canudinhos de churros mergulhados um doce de leite argentino.

O almoço foi tão gostoso que todas as meninas do Boutique B adeptas do detox resolveram, literalmente, se render aos prazeres da carne.

Desta vez, o universo dos adoradores da carne ganhou um grande aliado. Sei que o Pobre Juan tem andado disputadíssimo, mas vale insistir na tentativa.

Pobre Juan
Shopping Village Mall – 3ºPiso – Rio de Janeiro – RJ
(21)3252-2637
Link: http://www.pobrejuan.com.br

Fotos: Marcella Castro – Semanier

Tiffany: sonho na caixinha azul

Receber um presente num embrulho bonito sempre me deixa muito feliz. Fico eufórica imaginando o que pode ser. Se ele vier na caixinha azul então, nem se fala. Ganhar um “mimo” na caixinha azul da Tiffany, deixa qualquer mulher de pernas bambas.

A Tiffany fez 175 anos no mercado realizando os sonhos de seus fiéis clientes. Para nossa sorte, a grife inaugurou a sua primeira loja carioca no Village Mall. Ontem a imprensa foi convidada para conhecer o espaço e, fazer um tour explicativo sobre as novidades que a Tiffany trouxe para agradar a clientela do Rio de Janeiro.

Não preciso nem dizer que adorei o tal do tour. Nele tive a oportunidade de ver – e experimentar!!! – peças incríveis como o raro (e caro) diamante amarelo. Fiquei toda boba com o anelzinho no anelar, infelizmente tive que devolver. Estou até agora tentando que confortar com o ditado: “vão-se os anéis, ficam-se os dedos”.

Nesta nova loja, as joias estão divididas em dois ambientes. Na frente, as alianças, anéis de noivado e outras lindezas de brilhante e, na parte de trás, coleções assinadas, prata e rubedo (um metal exclusivo da marca). Claro que amo os diamantes, mas as peças de design são as que mais que encantam. Me diga: como não curtir o o Bone Cuff, bracelete da designer Elsa Peretti que acompanha o formato do punho da mulher. Essa peça icônica com mais de 30 anos continua sendo um sinônimo de modernidade.

Outra coisa que adoro, são os pingentes numerados em formato de cadeado. Cada cadeado possui um número próprio. Assim se alguém perder, o bom samaritano que achar, pode fazer a gentileza de levar a peça numa loja Tiffany, a empresa identifica quem comprou e devolve o cadeado para dono.

Com tantos anos de existência, não faltam boas histórias sobre a Tiffany. Fiquei sabendo de duas que eu adorei!

Algumas vezes, quando o cliente compra um anel de noivado, presente de aniversário ou bodas, os funcionários da empresa ajudam o rapaz a montar uma estratégia para surpreender a amada. Isso deve ser o máximo! Teve uma vez que um cliente estava na dúvida do que dar para esposa. Daí, ele e a vendedora bolaram um plano para levar a esposa à loja. Quando ela chegou, ao invés dos vários anéis que costumam enfeitar uma vitrine, haviam apenas dois. A vendedora perguntou qual que ela gostava mais, a senhora respondeu. Neste momento, ele colocou o anel no dedo dela e outra pessoa entrou na loja com flores e champagne. Muito fofo!!! Também quero!

Outra história interessante é que antigamente, a Tiffany fabricava caixas de joias (fui informada que não eram azuis). Essas caixas eram vendidas com uma chavinha especial. Com o passar dos anos a empresa parou de fazer as tais caixas. Tempos mais tarde, alguém achou o croqui original da chave. E assim a Tiffany decidiu criar a coleção Keys.

Quem quiser me dar um presentinho, fica a dica: fiquei vidrada neste conjunto de colares da coleções Tiffany Keys e Locks. (foto abaixo)

Fotos: divulgação e Semanier

Inauguração da nova Louis Vuitton

Fiquei abismada com a nova Louis Vuitton do Village Mall. A decoração é bem mais bonita do que a maioria das LV que a gente vê por aí. A loja é ampla e meio que setorizada: num ambiente, bolsas “VIB**” -very important bag – bolsas para quem realmente pode; em outro, ficam as bolsas que podemos chamar de normaizinhas e alguns acessórios; num terceiro, luggages e LVs para homem; e num quarto ambiente, os sapatinhos da grife.

E para deixar qualquer cidadão mais boquiaberto do que de costume, no fundo da loja tem um lounge aberto com paredes cheias de orquídeas. Na verdade, está mais para um jardim privativo secreto. Esse lugar é reservado para as clientes que queiram dar uma pausa entre uma comprinha e outra.

Na lista das VIBs, muitas belezuras vieram para explorar o mercado e o bom gosto brasileiro. E devo dizer: “Preparem-se para pirar!”. Tem muita bolsa linda! Fiquei namorando duas gracinhas: a Speedy Bandoulière 25 de couro marrom com monogramas em baixo relevo, a mesma do filme L’invitation au Voyage e a Sunshine Express Speedy de lã preta e monogramas em micro paetês desfilada no Fall Winter 2012/2013. As duas são absolutamente deslumbrantes!

Ontem na inauguração, os convidados estavam ensandecidos com tanta coisa bonita. E, diferente do que normalmente vemos, reparei que algumas pessoas estavam comprando e saindo com suas sacolinhas a tiracolo.

Já no rol de VIP*, a promoter Carol Sampaio garantiu muita gente famosa circulando pelo local como: Carolina Dieckmann, Mariana Rios, Mariana Ximenes, Flávia Sampaio, entre outras. A inauguração também contou com um grupo de blogueiras de peso cobrindo o evento: eu, Luiza Sobral do The BOS, a dupla do InspireMe, Camila Ferreira Leite e Rafaella Cardoso – todas do grupo Boutique B e queridíssima Tereza Chammas do Fashionismo.

A noite foi um luxo!

*VIP (da expressão inglesa “Very Important Person”, tradução literal para “pessoa muito importante”), é uma sigla que designa pessoas importantes, influentes.

**VIB (da expressão do Semanier “Very Important Bag”, tradução literal para “bolsa muito importante”), é uma sigla que designa bolsas que não são para qualquer um (RS).

Fotos: Semanier

Zara Home no Village Mall

Ontem foi a inauguração do Village Mall na Barra da Tijuca. O shopping faz jus a todos os boatos que a gente vinha escutando por aí. Logo na imponente entrada grifes de peso internacional recepcionam os visitantes, como: Ermenegildo Zegna, Burberry, Anne Fointeine, além da  Louis Vuitton, que inaugura hoje e a Tiffany, que inaugura amanhã.

Caminhando pelo mall a gente fica com os olhinhos brilhando e a “wish list” aumenta em progressão aritmética. Embora na noite da abertura ninguém pôde colocar as mãos na carteira, tenho certeza que muita gente vai voltar hoje para adquirir tudo que ficou desejando.

A noite de ontem era apenas para comemorar. Buffet assinado pelo Chef Aquim, Moët & Chandon em profusão borbulhando nas taças dos convidados e show do Toquinho para animar ainda mais os presentes. Devo ter saído de lá por volta de meia noite e, em menos de 12 horas, hoje pela manhã, já estava eu de volta para fuxicar o lançamento inédito da deslumbrante Zara Home na Cidade Maravilhosa.  

A loja está linda! Super bem decorada e com tudo aquilo que faz a gente perder a cabeça quando viaja. Deve se tornar o novo endereço preferido de todos os que estão de casa nova ou apenas querem dar uma repaginada no seu lar.

Para a nossa alegria, o precinho também veio bem em conta, o que faz com que a Zara Home fique ainda mais bacana. Lá pode-se encontrar de tudo para montar um enxoval: lençóis, toalhas de banho, bugigangas para mesa, entre “otras coisitas más”. Ainda tem a parte de decoração, muita vela, porta retratos, louças, copos e etc. Ótimo lugar para resolver – numa tacada só – as enormes listas de Natal.

Fotos: Marcella Castro – Semanier